Arquivos

Busca por data
dezembro 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Editorias

Com a Tag: ‘Coordenação de Defesa Civil’

SECA: BRUMADO EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

A Bahia reconhece atualmente 158 cidades em situação de emergência. O número é resultado de catalogação feita pela Coordenação de Defesa Civil (Cordec), que indica a ocorrência de “fatores anormais e adversos” nos últimos meses em todas as cidades relacionadas. O estado tem 417 municípios. De acordo com o decreto, a escassez pluviométrica implica em “graves prejuízos” às atividades como agricultura e pecuária e “danos à subsistência e à saúde da população”, o que pode gerar “profunda gravidade socioeconômica”. Ações de minimização de danos serão adotadas nos próximos 90 dias nas cidades afetadas. Confira a relação das cidades em situação de emergência na Bahia: Abaíra, Abaré, Adustina, América Dourada, Anagé, Andaraí, Andorinha, Anguera, Antônio Cardoso, Aracatu, Araci, Baixa Grande, Barra, Barra do Mendes, Barro Alto, Barrocas, Belo Campo, Boa Nova, Bom Jesus da Serra, Boquira, Botuporã, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caculé, Caetanos, Caetité, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Casa Nova, Caturama, Central, Chorrochó, Conceição do Coité, Cordeiros, Coronel João, Curaçá, Dom Basílio, Entre Rios, Euclides da Cunha, Fátima, Feira de Santana, Filadéldia, Gavião, Glória, Guajerú, Guanambi, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Ipirá, Irajuba, Iramaia, Irecê, Itaberaba, Itaguaçu da Bahia, Itiruçu, Itiúba, Iuiu, Jaguarari, Jeremoabo, João Dourado, Jussara, Jussiape, Lafaite Coutinho, Lagedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Livramento de Nossa Senhora, Macajuba, Macaúbas, Maetinga, Mairi, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Marcionílio Souza, Matina, Miguel Calmon, Mirante, Monte Santo, Morpará, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Nordestina, Nova Fátima, Nova Itarana, Nova Redenção, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Paratinga, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Presidente Dutra, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Rio do Antônio, Rio do Pires, Ruy Barbosa, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Luz, Santanópolis, Santo Estêvão, São Domingos, São Gabriel, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Serra do Ramalho, Serrinha, Sítio do Quinto, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Teofilândia, Tucano, Uauá, Uibaí, Umburanas, Urandí, Valente, Várzea Nova, Vitória da Conquista. Informações G1.

158 CIDADES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA NA BA

Mais de dois milhões de pessoas destas localidades estão sendo afetadas (Foto/Reprodução: Agência Atarde)

A forte estiagem que atinge a região nordeste do País nos últimos meses deixou 158 municípios baianos em situação de emergência, segundo dados da Coordenação de Defesa Civil (Cordec) estadual. Mais de dois milhões de pessoas destas localidades estão sendo afetadas. Segundo a Defesa Civil da Bahia, a homologação de situação de emergência dos 158 municípios foi divulgada nesta sexta-feira (23) no Diário Oficial do Estado. Diversas ações emergenciais no combate e prevenção de desastres naturais em todas as regiões do Estado estão sendo desenvolvidas, entre elas a construção de 27 mil cisternas de consumo, além de tecnologias de acesso a água para produção. Em 2011, segundo a Cordec, várias localidades receberam ajuda de carros-pipa que abasteceram as regiões temporariamente. Quase 50 municípios e mais de 170 mil pessoas foram beneficiadas com abastecimento de água através de carros-pipa. Mais de R$ 1,2 milhão foram repassados para os municípios que firmaram convênios por conta dos problemas causados pela seca. Informações A Tarde.

SECA: EDUARDO PARTICIPA DE REUNIÃO NA UPB

Foto: Divulgação

O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos esteve participando de uma reunião organizada pela UPB – União dos Prefeitos da Bahia, instituição da qual também é membro e um dos seus diretores, para discutir ações para reduzir os efeitos da seca. Mais de 100 prefeitos estiveram presentes a reunião (127 entre presentes e representados) com a presença também de presidentes de associações e consórcios municipalistas, além de representantes das secretarias do Governo do Estado da Bahia. Até o dia 20 de março de 2012, de acordo dados da Coordenação de Defesa Civil – CORDEC, 104 municípios haviam decretado situação de emergência por causa da escassez de chuvas no Estado. Foram identificados os problemas e elencadas as prováveis medidas emergenciais e as de caráter estruturantes. De posse dessas análises, uma comissão constituída pelos prefeitos de Brumado, Curaçá e Abaíra, foi reunir-se na tarde do mesmo dia, na Secretaria de Relações Institucionais – SERIN – onde foram traçados os primeiros planos com o Secretário César Lisboa, com o Dr. Salvador Brito da CORDEC e o Presidente da CERB. Dentre as medidas emergenciais destacam-se a distribuição de água por caminhões pipa e o empregos de máquinas para a limpeza de aguadas. Já entre as medidas estruturantes, o prefeito Eduardo Vasconcelos, de Brumado, defendeu a Transposição São Francisco/Bacia do Contas, através do prolongamento da adutora do Algodão (Malhada/Guanambi/Caetité) até o vale do Rio do Antônio, em Brumado.

BrumadoTV

Blitz dos Agentes de Trânsito

hits counter